MUDAMOS PARA...

Pessoal, ao contrário do que alguns dos sempre bem humorados leitores sugeriram abaixo, eu não estava (de novo) de férias. Estava "me mudando". Depois de seis ótimos anos na revista Placar, volto para a editoria de esportes do iG, onde em breve faremos uma revolução. ; )

Por razões óbvias, então, este blog vai mudar de casa. A partir de agora, acessem o endereço:    

http://abolanabota.blig.ig.com.br/

Chegando lá, me avisem!

Ao pessoal do UOL Blog, agradeço as generosas chamadas e, por conta da ausência de outros contatos, informo minha mudança por aqui mesmo. 



Escrito por Gian Oddi às 17h41
[   ] [ envie esta mensagem ]




O PÂNICO ITALIANO

É mais legal, na verdade bem mais, pra quem entende bem italiano. Mas, resumidamente, a história é: a moça inglesa do vídeo abaixo apanhou da polícia italiana e teve sua máquina fotográfica roubada (pela polícia!) no jogo Roma x Manchester, em Roma, na última Liga dos Campeões. O trio de palhaços descobriu quem era a moça e qual o modelo da máquina. Comprou uma nova e levou para ela, na Inglaterra, com três vídeos de pedidos de desculpas especialmente gravados por astro romanos. O resto dá para entender...

Quem quiser pular o início da história pode ignorar os três primeiros minutos e ir direto aos vídeo de desculpas...



Escrito por Gian Oddi às 08h59
[   ] [ envie esta mensagem ]




A SEXTA RODADA

Roma 1 x 4 Internazionale
A Roma começou melhor, mas um escanteio mal batido por Totti iniciou um contra-ataque que acabou num pênalti cometido (e não pensado) por Giuly. Com um a menos em campo e no placar e jogando contra um time (e elenco) poderosíssimo (Crespo e Cruz entraram para marcar), os romanos escaparam de levar uma cacetada que lembraria o vexame de Manchester justamente pouco antes da "revanche" da próxima terça. E depois de não levar nenhum gol nos três primeiros jogos, a Roma tomou 8 nos últimos três. E a Inter, mesmo jogando menos que o time da capital, começa a abrir vantagem... bom lembrar que na temporada passada não foi muito diferente.

Livorno 0 x 3 Fiorentina
Sem Mutu, não é que a Fiorentina contou com um argentino chamado Osvaldo para decidir a partida fazendo dois dos três gols? Vieri entrou no meio do segundo tempo e jogou bem, podia ter marcado duas vezes, não fossem o travessão e o goleirão do Livorno.

Milan 1 x 1 Catania
Ao contrário do que havia acontecido contra o Palermo, o Milan não fez por merecer muito mais. Kaká e Pirlo, só eles, jogaram alguma coisa. Cafu foi muito mal e obrigou Ancelotti a desistir de poupar Oddo. Kaladze se machucou, e o Milan afunda cada dia mais numa crise que, eu acho, baseado não sei bem no quê, vai passar logo apesar das inúmeras críticas. Ou, no mais tardar, quando Ronaldo e Pato puderem jogar.

Cagliari 1 x 0 Siena
Um pênalti convertido pelo garoto Foggia (é o quarto no campeonato) decidiu uma partida bem equilibrada.

Empoli 3 x 1 Palermo
O Palermo poupou Miccoli pensando na Copa da Uefa e dançou com justiça depois de uma péssima atuação.

Napoli 1 x 2 Genoa
Borriello foi eleito de novo o melhor em campo segundo a RAI - embora, desta vez, não tenha marcado. E o Napoli, jogando com os portões fechados, mostrou o que todo mundo já sabia: o time não é o mesmo sem sua apaixonada torcida.

Reggina 1 x 1 Lazio
Outro jogo sonolento da Lazio, que muito provavelmente terá que enfrentar o Real Madrid sem Rocchi, seu principal jogador, que machucou o tornozelo neste domingo.

Sampdoria 3 x 0 Atalanta
Cassano entrou no meio do segundo tempo e enfim, um ano depois de seu último gol pelo Real Madrid, voltou a marcar. E sabem quem ele abraçou depois? O técnico. Rárá. Vamos ver quanto dura esse amor. Ah, sim: foi uma linda jogada de Montella, concluída pelo sempre competente Bellucci, a abrir o caminho da vitória. A Samp tem tudo para jogar com um baita trio ofensivo daqui pra frente.

Udinese 2 x 1 Parma
Outro resultado seria injusto, apesar de o Parma ter terminado o primeiro tempo vencendo por 1 x 0. Quagliarella começou no banco e entrou para decidir.

Torino 0 x 1 Juventus
Foi um derby de doer. Ou de dormir. E a Juve ganhou com um gol (na minha opinião impedido, embora o lance esteja gerando muita polêmica na Itália) de Trezeguet aos 48 do segundo tempo. E como se não bastasse o joguinho, ainda fomos obrigados a ver o francês deixando o campo de cueca após uma festa digna de título dos jogadores e torcedores da Juve, agora vice-líder.



Escrito por Gian Oddi às 01h06
[   ] [ envie esta mensagem ]




O GALO MARINGÁ PAGARÁ O CAFEZINHO DO DEL PIERO?

Sei que há temas mais relevantes, sobretudo a surpreendente goleada da Inter por 4 x 1 sobre a Roma, na capital. Mas falo da rodada amanhã, depois do Domenica Sportiva da RAI.

Hoje deixo só uma pergunta: tá certo que estamos na era do marketing, dos direitos de imagem e coisa e tal. Mas não é um pouco demais a poderosa Juventus processar o pobre do Galo Maringá porque o time da Série C brasileira "se inspirou" no símbolo do time italiano para criar o seu?

E o melhor da notícia divulgada esta semana na Itália é que a equipe de Turim pretende pedir ressarcimento financeiro pelos danos. Rá. Vão ter que aumentar o tamanho dos cofres da Juve...

Abaixo os símbolos do Galo Maringá e da Juve, lado a lado. Hummm... olhando beeem atentamente até que se parecem um pouquinho mesmo. Mas não era mais fácil considerar uma homenagem?



Escrito por Gian Oddi às 22h22
[   ] [ envie esta mensagem ]




QUANDO FERRARI FAZ CARRINHOS...

Certo, já virou rotina, mas de novo peço desculpas pela ausência temporária. É que um momento um pouco atribulado de mudanças profissionais (explico logo mais) têm me impedido de postar com mais frequência - não falei, por exemplo, da primeira rodada da Liga dos Campeões ou da tragicômica lesão do Ronaldo no Milan... O consolo é que em breve, até por conta das mudanças, garanto presença diária (ou quase) no blog.

Por ora, deixo os breves e tradicionais comentários sobre a (quinta) rodada:

Fiorentina 2 x 2 Roma
Dessa vez os romanos deixaram escapar a vitória porque o zagueirão Ferrari não controlou os impulsos que seu nome lhe impõe: num carrinho absolutamente desnecessário, ele derrubou Vieri (que entrara havia pouco em campo) e concedeu o pênalti para Mutu fazer o 2 x 2 no segundo tempo. Mancini marcou um golaço alla Totti, que foi poupado para enfrentar Inter e Manchester. Mas, diante da bobeira de Ferrari, talvez Juan tenha feito mais falta que il capitano. Apesar do empate contra a boa Fiorentina fora de casa, o clima era de velório entre os romanos depois do jogo.

Palermo 2 x 1 Milan
Tremenda injustiça. Foram três bolas na trave e muitas chances perdidas pelo Milan. Kaká fez outra boa partida e Seedorf, outro gol. Aí, aos 28 do segundo tempo, Diana marcou depois de Amauri fazer uma bela jogada ajeitando a bola com o braço. Como se não bastasse, no último minuto, Micolli arriscou uma falta de um lugar meio esdrúxulo pra bater direto. E o gigante goleiro australiano Kalac mostrou à torcida do Milan que, se Dida não é o melhor goleiro do mundo, também está longe de ser o pior do Milan. A cara do Ancelotti, no banco, foi de dar dó. Até porque, com o que estão jogando Gilardino e Inzaghi, hoje ninguém mais pode criticá-lo por não escalar dois atacantes...

Inter 3 x 0 Sampdoria
Mais um show de Ibrahimovic, autor de dois dos três gols (o outro foi de Figo). Ele chegou a seis gols em cinco jogos e assumiu a liderança da artilharia junto com Trezeguet. E o confronto do próximo sábado, contra a Roma em Milão, fica ainda mais emocionante com os dois líderes somando 11 pontos cada.


O segundo gol de Ibra... rete, rete, rete!

Juventus 4 x 0 Reggina
Legrottaglie, Salihamidzic, Trezeguet e Palladino. Outra goleada da Juve. Não vi nada exceto os gols. Mas, que me perdoem os bianconeri, acho que o resultado não quer dizer muito.

Genoa 3 x 2 Udinese
Se Kaká não marcou (mas de novo jogou bem contra o Palermo), seu amigão Boriello foi a estrela da noite em Gênova, fazendo a tripletta que garantiu a vitória do time da casa. Deve até ter rolado um telefonema à noite, mas não acho que tenha sido um consolo pro futuro melhor do mundo...

Lazio 3 x 1 Cagliari
Eita! Um jogo da Lazio com quatro gols não é todo dia... Rocchi, que marcou duas vezes (Pandev fez o outro), foi o destaque.

Napoli 1 x 0 Livorno
A cinco minutos do fim, Sosa fez o estádio San Paolo delirar. E o Napoli é quinto!

Parma 2 x 0 Torino
O brasileiro Reginaldo, ex-banco da Fiorentina e hoje titular absoluto do Parma, fez um dos gols. Corradi marcou o outro.

Catania 1 x 0 Empoli
Gol irregular de Martinez, que ajeitou a bola com o braço antes de marcar, garantiu a vitória ao time do Sul.

Siena 1 x 1 Atalanta
Então... o Siena empatou com a Atalanta por 1 x 1, sabiam?



Escrito por Gian Oddi às 06h56
[   ] [ envie esta mensagem ]




O GOLAÇO DA RODADA: VOCÊ ESCOLHE

Selecionei três candidatos, cujos vídeos você vê abaixo, depois dos breves pitacos sobre as partidas. O brasileiro Juan, que fez uma estréia e tanto como titular da Roma; o eslovaco Marek Hamsik, mais um candidato a revelação do Italiano que joga no Napoli; e Zampagna, que fez o gol abaixo por querer, acreditem. Escolha o seu.

Siena 1 x 1 Milan
Apesar da boa fase de Seedorf, sem Kaká e Pirlo o Milan tem sido um time bem comum. Incomum é a urucubaca de Gilardino, que faz o retorno de Ronaldo e a estréia de Pato serem aguardadas com ansiedade. E Dida, depois da falha (não pior que a de Kaladze) no gol do Siena, volta a ser contestado...

Lazio 0 x Empoli
O título da Gazzetta Dello Sport, "O pior jogo do mundo", diz tudo.

Fiorentina 2 x 2 Atalanta
Vieri voltou a marcar; fez o segundo da Fiorentina. Mas o golaço marcado por Zampagna, empatando de novo o jogo, ofuscou o feito do bom veterano. Primeiro tropeço do time de Florença.

Genoa 1 x 1 Livorno
Gols de dois "ex-grandes" (quer dizer... só em relação aos times nos quais atuavam): Tavano, ex-Roma, fez de pênalti para o Livorno. Boriello, ex-Milan e grande amigo de Kaká, empatou.

Inter 2 x 0 Catania
Boas atuações brasileiras: Maicon esteve entre os melhores do jogo, Adriano não foi mal e quase marcou um golaço, já o lateral/meia César passou do quase e marcou o seu. Mas, o mais preocupante para os interistas, é que Julio César foi ótimo. Contra o Catania, ele não deveria ter essa chance...

Juventus 0 x 1 Udinese
Se a Juve não merecia ter ganho na rodada passada do Cagliari, também não merecia ter perdido ontem. Del Piero, para dar uma idéia, acertou a traves três vezes. Para completar a zica: depois de perder Marchionni e Salihdmizic por lesão, a Juve ainda corre o risco de ficar dois meses sem Camoranesi (que saiu machucado).

Napoli 2 x 0 Sampdoria
Bem Zalayeta. Mas foi o segundo gol, um golaço de Hamsik (vídeo abaixo), a indicar outra possível revelação deste Italiano. Na rodada passada, o Napoli já havia "apresentado" o argentino Lavezzi... E a bruxa segue solta na Samp: depois de perder Cassano por lesão, desta vez foi Bellucci, que vinha sendo o melhor do time, quem ficou de fora.

Palermo 1 x 1 Torino
Simplício para o Palermo, Recoba para o Torino. Mas a dupla Amauri-Miccoli, dessa vez, não funcionou.

Reggina 0 x 2 Roma
Uma baita estréia de Juan (ou "Uánn", como têm dito os italianos) desde o primeiro minuto. Impecável atrás, o zagueiro ainda marcou o gol abaixo após receber passe de Totti, autor do segundo completando passe de Cicinho.


(aqui vem "de brinde" o gol de Totti)

Parma 1 x 1 Cagliari
Corradi, autor do gol de empate do Parma, voltou a marcar na Série A depois de dois anos. Mas só empatar em casa com o Cagliari (sem Foggia) é pouco, bem pouco...  

Mas e aí? Juan, Hamsik ou Zampagna?



Escrito por Gian Oddi às 13h01
[   ] [ envie esta mensagem ]




MEU BRASIL BRASILEIRO

O link com o futebol italiano vai parecer forçado. E é. Mas é que é duro aguentar... Quando a Juventus foi rebaixada à série B do Campeonato Italiano com pontuação negativa e ainda teve dois títulos cassados houve quem dissesse, neste blog, que aquilo era um baita exemplo de impunidade.

Quem nos dera aquele fosse o melhor e mais próximo exemplo de impunidade. Ontem o senado brasileiro garantiu que a instituição continue sendo dirigida por um presidente do mesmo nível que ela — e pelo menos nesse sentido, ninguém pode acusar de incoerentes os nossos senadores.

A Juve, mesmo punida, se recuperou rapidinho. O senado brasileiro, sempre impune, não se recuperará nunca.

Mas deixa, vamos voltar a falar do Materazzi, que perto do Renan é uma Madre Tereza. A gente ganha mais e se irrita menos.



Escrito por Gian Oddi às 12h18
[   ] [ envie esta mensagem ]




SE NÃO FOSSEM OS FRANCESES...


Dessa vez, os gols de Di Natale decidiram

Luca Toni, Inzaghi e Quagliarella já haviam decidido jogos das eliminatórias da Eurocopa para a Itália com uma doppietta. Nesta quarta foi a vez de Di Natale, autor dos dois gols na importantíssima vitória por 2 x 1 sobre a Ucrânia, fora de casa. E a festa azzurra só não foi maior (ainda que muita gente não se dê conta disso) porque a França, mesmo jogando em Paris, foi derrotada por 1 x 0 para a Escócia. Rivalidade contra os franceses à parte, explico no fim do texto porque o resultado de Paris foi tão ruim.

Antes, uma pincelada nos titulares da Azzurra de hoje. Buffon continua espetacular, decidindo quando precisa. Foi assim depois que Barzagli (que, coitado, até fazia um bom jogo) resolveu entregar um gol justamente nos pés de Shevchenko. E Cannavaro levou o terceiro cartão amarelo, algo grave para um time que já não conta com Nesta e Materazzi. Mais um motivo para Panucci, que mostrou ainda dar pro gasto, continuar na seleção, possivelmente deslocado para a zaga. Na outra lateral, Zambrotta mostrou que pode funcionar muito bem jogando como meio-campista aberto pela esquerda e não na lateral; depois que a Itália sofreu o 1 x 1, ele se mandou com qualidade ao ataque. Perrotta, que para mim não é titular nem na Roma, mais uma vez mostrou que é um pecado deixar jogadores como De Rossi ou Aquilani no banco para escalá-lo. Ambrosini eu até gostava de discutir, não discuto mais; aliás, foi dele o passe para o segundo gol. Pirlo mostrou, de novo, ser o cérebro da seleção; titular incontestável. Camoranesi pode ser útil, mas não indispensável. A exemplo de Di Natale, apesar da doppietta. E Iaquinta, alguém já exagerou aqui quando publiquei aqueles cartazes festivos da Nike no dia 9/8, é pior que uma pera (maldade...).

Subjetividade à parte, vamos à matematica. Os pontos e os últimos três jogos das ainda candidatas às duas vagas: Escócia, Itália e França.

1) Escócia (21 pontos):
13/10 - Escócia x Ucrânia
17/10 - Geórgia x Escócia
17/11 - Escócia x Itália

2) Itália (20 pontos):
13/10 - Itália x Geórgia
17/11 - Escócia x Itália
21/11 - Itália x Ilhas Faroe

3) França (18 pontos):
13/10 - Ilhas Faroe x França
17/10 - França x Lituânia
21/11 - Ucrânia x França

E agora, a análise da situação.
Se a França (que ainda está na situação mais confortável da chave) tivesse ao menos empatado com a Escócia, a Itália ficaria numa situação tranquila porque, considerando que ganhará das babas Geórgia e Ilhas Faroe, jogaria por um empate fora de casa com os escoceses (levaria vantagem no confronto direto). Agora, muito provavelmente, a Itália precisará vencer a Escócia: isso porque a França deve ganhar seus três jogos (pegará os ucranianos fora da parada) e chegar aos 27 pontos. Se a Itália ganhar seus jogos fáceis e empatar com a Escócia, também irá a 27 pontos, mas perderá dos franceses no critério de desempate. Assim, para poder jogar por um empate contra a Escócia, a Itália terá que torcer por um tropeço dos escoceses contra Ucrânia ou Geórgia. Não é impossível, mas depois do feito escocês desta quarta, parece pelo menos improvável.

Deu pra entender?



Escrito por Gian Oddi às 18h58
[   ] [ envie esta mensagem ]




TOTTI, A ROMA E A ITÁLIA

Em tempos de crise (ou quase) na seleção italiana, Totti e sua opção de abandonar a Azzurra voltam a ser tema, claro. Então aproveito para postar aqui um trecho traduzido de uma coluna do sempre ótimo Candido Cannavò. É curto, mas a mais precisa análise do episódio que já li por aí.

"O episódio Totti tem como pano de fundo o Eldorado de Roma, do qual Francesco fez seu reino e também sua prisão. Caso atípico que entristece quem como eu vê um campeão de altíssimo valor negar a si próprio uma adequada projeção internacional, mas que comove os romanos até as lágrimas. Roma e a Roma para Totti são o máximo da sua vida, que inclui, naturalmente, seu magistério esportivo. Ele é o soberano que reina com uma bela rainha e dois pequenos herdeiros que sorriem ao povo. Ninguém jamais se permitirá discutir o que Totti decide fazer, nem seus deslizes e erros. Mais do que impunidade, em Roma Totti desfruta de sacralidade. Na seleção italiana era apenas o melhor; mas na verdade um líder discutido, nervoso e substancialmente ausente. Ele não absorveu os traumas desse salto existencial."


Totti em meio ao "seu povo"



Escrito por Gian Oddi às 00h00
[   ] [ envie esta mensagem ]




O ARTILHEIRO EDITOR, A FAXINEIRA IMPLACÁVEL E AS VAIAS

Primeiro, obrigado pelos comentários no post abaixo. Relevantes, como sempre. Segundo, desculpem, sei que havia prometido publicar as notas da Gazzetta dello Sport para os jogadores de Itália 0 x 0 França. Acontece que a Renata, minha faxineira mais implacável que Marco Materazzi, tratou rapidamente de dar um sumiço na edição de domingo do jornal. Restou-me a de segunda, pela qual concluí que Pirlo foi o melhor entre os italianos (Vieria o foi entre os franceses) e Del Piero, o pior. Nada mais.

Mas acho que as notas da Gazzetta já nem eram tão relevantes. Mais relevante foi uma certa nota do "Corriere di Livorno", jornal cuja primeira edição saiu justamente no último domingo, um dia depois de Itália x França. O dono do novo jornal é o atacante Cristiano Lucarelli, ex-ídolo do Livorno, hoje jogador do Shakhtar Donestk e da seleção italiana.

Pois bem: logo na primeira edição, os editores de esportes do jornal não pouparam a chefia: tascaram-lhe uma nota 5,5, classificada como "insuficiente" no jogo contra os franceses. E assim, se não deu um exemplo de competência em campo, Lucarelli pelo menos mostrou que ninguém pode acusá-lo de parcialidade jornalística. Certos magnatas da mídia italiana bem que podiam aprender com ele...


As vaias para a Marselhesa
Eu pretendia colocar aqui o vídeo com os melhores momentos do jogo. Mas foram poucos. E assim, infelizmente, o que mais rendeu comentários na partida foram as estúpidas vaias da torcida do San Siro ao hino francês. Então, aí vão os "melhores momentos" da transmissão da RAI. Curioso notar duas coisas:

1) Como o editor de imagens opta por mostrar nas tribunas o (suspenso) técnico francês Raymond Domenech. Como que atribuindo a ele e a suas inúmeras frases infelizes a culpa das vaias. Não gosto de Domenech, de sua empáfia, arrogância e, por que não, idiotice. Mas infelizemente ele não é o culpado pela imbecilidade dos torcedores - o que, aliás, é a cada dia mais redundância no futebol.

2) Como o comentarista da RAI trata imediatamente de pedir desculpas aos franceses pelo episódio, lamentando o fato com um convincente desapontamento. E aí fiquei pensando como agiria um certo narrador brasileiro se algo parecido ocorresse antes de Brasil x Argentina no Morumbi. É amigo...



Escrito por Gian Oddi às 12h19
[   ] [ envie esta mensagem ]




ITÁLIA X FRANÇA É COM VOCÊS

Pessoal, como já é tradição depois do fechamento do Guia dos Europeus, vou dar uma escapada rápida de São Paulo. Saio hoje, quinta-feira, e volto logo, no domingão à noite. Mas não em tempo de assistir ao jogo entre Itália e França pelas Eliminatórias da Eurocopa.

Ainda que sem Totti, Nesta e, principalmente, pelas circunstâncias, Marco Materazzi, é jogo pra não perder. E imagino que boa parte de vocês, malucos por futebol italiano, verá o confronto, certo? Quem quiser comentar aqui logo depois, fique à vontade. Seria legal voltar de viagem e ler um pouco mais que o resultado e breves relatos de eventuais gols - que é, provavelmente, o que farão os sites brasileiros.

Gostaria de ver o garoto Foggia em ação. Com a "deserção" de Totti, a Itália ainda precisa encontrar um jogador com capacidade de desequilibrar, decidir um jogo se preciso for. Foggia ainda é jovem, é bem diferente de Totti como estilo, mas pelo menos potencial para ser esse cara ele tem. Mostrou, por exemplo, no último jogo do Italiano contra a Juventus.

Ainda assim, pela importância da partida, acho difícil que Donadoni o coloque para jogar. Veremos...

Aliás, "rebobinando" um pouco, queria colocar aqui um comentário do sempre brilhante Candido Cannavò, da Gazzetta dello Sport, sobre o abandono de Totti. Não vai dar tempo agora, porque caso contrário "perco a viagem". Mas prometo para segunda-feira, assim como as notas de Itália x França. Fechado? Até lá.



Escrito por Gian Oddi às 08h50
[   ] [ envie esta mensagem ]




MAIS DO QUE DEVO

Prometi que publicaria aqui as notas que a Gazzetta deu às contratações dos clubes. Mas talvez mais interessante seja saber qual o balanço financeiro de cada equipe na pré-temporada, entre vendas e contratações. Esse é o número entre parênteses, ok? Como dá pra perceber, além dos ricos, quem mais gasta é quem chega da série B. É o preço do sucesso... E destaque para a Udinese, que além de receber boa nota ainda faturou uma bela grana graças às vendas de Iaquinta e Muntari, principalmente. Confiram:

Atalanta, nota 6 (+ 7,35 milhões de euros)

Cagliari 6,5 (+ 5,9 milhões)

Catania 6- (- 1,05 milhão)

Empoli 6 (+ 7,15 milhões)

Fiorentina 7 (+ 1 milhão)

Genoa 6 (- 14, 8 milhões)

Inter 8 (- 12,75 milhões)

Juventus 8 (- 39,9 milhões)

Lazio 6,5 (- 7,6 milhões)

Livorno 6 (+ 1,7 milhão)

Milan 7 (- 13,45 milhões)

Napoli 6,5 (- 23,7 milhões)

Palermo 6,5 (+ 1,2 milhão)

Parma 6,5 (- 10,95 milhões)

Reggina 6 (+ 12,1 milhões)

Roma 7 (- 16,5 milhões)

Sampdoria 7 (+ 1,65 milhão)

Siena 6 (+ 0,47 milhão)

Torino 7 (-12,5 milhões)

Udinese 7- (+13,75 milhões)

Para saber quais os jogadores cedidos e contratados por cada time é só conferir no site da Gazzetta dello Sport, clicando aqui (ver acquisti e cessioni).

E aí? Alguém gastou demais por pouco? Ou de menos por muito? 



Escrito por Gian Oddi às 19h36
[   ] [ envie esta mensagem ]




CORRENDO ATRÁS DO ATRASO...

Comecemos, então. Duas linhas sobre cada jogo da rodada e o vídeo do chiliquento e limitado Zebina:

Empoli 0 X 2 Inter
Ibrahimovic e Ibrahimovic. Parece que, apesar do excepcional elenco da Inter, o time depende cada dia mais de um só jogador.

Roma 3 X 0 Siena
Placar exagerado a favor daquele que, neste início de temporada, é o melhor time do campeonato. Aquilani destacou-se (de novo) no dia da entrega da Chuteira de Ouro a Totti.

Atalanta 2 X 0 Parma
E o Parma mal chegou ao ataque. Não sei não, pode ser cedo, mas dessa vez o time da terra do prosciuto perigar ir...

Cagliari 2 X 3 Juventus
Dizer que o resultado é injusto, pela atuação de Foggia, seria justo. Mas é preciso considerar que Buffon faz parte da Juve como Foggia do Cagliari...

Catania 0 X 0 Genoa
Palpitante.

Livorno 2 X 4 Palermo
E a dupla Miccoli-Amauri começa a engrenar. Nesse domingo, o italiano foi ótimo. E o espanhol Tristan é só decepção no Livorno.

Torino 2 X 2 Reggina
Na estréia de Recoba no Torino, o uruguaio até foi bem, apesar do resultado. Deixou o campo com câimbras. Ventola, contudo, foi o melhor.

Udinese 0 X 5 Napoli
Ele fez só um dos gols, mas jogou muito. O argentino Lavezzi (opa, argentino em Nápoles...) já é candidato a revelação do Italiano. E a Udinese até tinha estreado bem...

Sampdoria 0 x 0 Lazio
Se pelo menos Cassano tivesse saído do banco, alguma da expectativa criada em torno do jogo faria sentido.

Milan 1 x 1 Fiorentina
Confesso que não vi nada da partida. Mas a Gazzetta encheu a bola de Pirlo (que, aliás já tinha acabado com o Sevilla na final da Supercopa) e Mutu.


Mico da rodada
Foi do juventino Zebina, que além de cometer um pênalti bobo, foi expulso de campo e ainda deu um tapa besta no segurança (ou operador da Sky, há controvérsias) na saída de campo - veja o vídeo abaixo. O chiliquinho deve lhe custar uma multa de 20 ou 30 mil euros. E eu continuo me perguntando: o que faz com que o limitadíssimo Zebina continue jogando em times grandes?



Escrito por Gian Oddi às 15h41
[   ] [ envie esta mensagem ]




PRONTO!

Enfim, Guia dos Europeus Fechado. Eis a capa:

Nas bancas a partir desta sexta (7/9).

Agora posso volta ao blog pra valer. Então vou comentar rodada atrasada, falar da seleção italiana, Adriano na Inter e colocar aqui as notas que a Gazzetta dello Sport deu para cada time em relação às compras na janela do mercado. Tudo em breve, mas brevemente, pois muito ficou para trás. Mas se quiserem se adiantar nos comentários, a casa é de vocês...



Escrito por Gian Oddi às 14h36
[   ] [ envie esta mensagem ]




FOI NA BUNDA O CHUTE DA RODADA

Não faltaram gols (mais de 3 por jogo) nem golaços. Mas o chute mais comentado da primeira rodada do Campeonato Italiano foi na bunda. Se não quiser saber de futebol, mas só do tal pé na bunda, ignore os comentários dos outros jogos do domingo e vá direto para os de Parma x Catania.

Palermo 0 x 2 Roma
Como já tinham feito na final da Supercopa, os romanos mostraram estar à frente dos rivais na preparação física. Totti, ótimo de novo, mostra como futebol é simples: certas vezes um único toque na bola é bem mais útil que uma série de micagens. Cicinho entrou no fim, como meio-campista externo e não como lateral. Será uma indicação do técnico Spalletti? Giuly mereceu muitos elogios dele. No Palermo, apesar da derrota, essa dupla Miccoli e Amauri promete.

Inter 1 x 1 Udinese
Uma trapalhada de Júlio César, expulso por tocar na bola fora da área, complicou a vida da Inter, que, com um a menos, sofreu no fim o empate do bom time de Udine. Ibrahimovic mostrou que voltou como saiu, muito bem. Materazzi faz muita falta (sem trocadilhos), porque Samuel não é mais o mesmo. Aliás, com tantos sul-americanos (muitos jogaram a Copa América), a Inter, ao contrário da Roma, é claramente a equipe mais atrasada na preparação. Adriano, que pode ir para o Parma, estava nas tribunas. Mas depois da horrível atuação de Julio Cruz a diretoria da Inter não mudará de idéia?

Genoa 0 x 3 Milan
Vendo Gilardino nesse domingo, a torcida do Milan não deve ver a hora de poder contar logo com (o agora magrinho?) Ronaldo. E Ancelotti continuará com seu atacante, ao que parece. Kaká, como Totti e Ibra, mostrou que as estrelas do Italiano continuarão sendo as mesmas. Oddo e Pirlo também foram muito bem. Emerson estava nas tribunas e viu Ambrosini, com quem deve brigar por uma vaga no time, marcar o primeiro gol milanês (de cabeça, como sempre).

Parma 2 x 2 Catania
Esqueça a partida entre os candidatos ao rebaixamento. O fato do jogo (e talvez da rodada) foi o chute que o técnico Silvio Baldini, do Catania, deu no colega Domenico Di Carlo, do Parma. O popular pé na bunda custará uma suspensão ao treinador - e seu clube também decidiu multá-lo. O vídeo do episódio tá aí. Quem assistir tudinho dos marmanjos brigões, como recompensa poderá ver no fim do vídeo, por um breve mas reconfortante segundo, a Elisabetta Canalis (não é a loira, é um pouco depois). Trata-se da ex-namorada do Vieri e, parece, atual "apenas-amiga" do piloto de motovelocidade Valentino Rossi.
É isso. Eu não aumento, nem invento.

 

Napoli 0 x 2 Cagliari
Triste o reinício dos napolitanos na Série A. É cedo pra dizer, mas perder em casa para um dos mais fracos adversários pode ser um indício de que as perspectivas do time no Italiano não são das melhores. O garoto Foggia fez um dos gols, de pênalti. E não comemorou por ser napolitano.

Fiorentina 3 x 1 Empoli
No clássico da Toscana, o garoto Pazzini tirou o peso que vinha sentindo por ser apontado como herdeiro de Toni e marcou o primeiro da Fiorentina. Mutu fez o segundo. E outra jovem aposta, o meio-campista Montolivo (melhor em campo) marcou o terceiro, um golaço.

Reggina 1 x 1 Atalanta
zzzzzzzzzzzzzzzz... ao lado de Catania e Parma, eles fazem a briga pelo não descenso começar fervendo. Com um jogo horrível, um gol meio-contra do goleiro e outro num pênalti inexistente. Palpitante.

Siena 1 x 2 Sampdoria
O atacante Bellucci, novidade e autor do primeiro gol da Samp, foi muito bem. Mas quem decidiu foi o bom e velho Montella, que, como nos tempos de Roma, entrou no meio do segundo tempo e decidiu o jogo com um golaço no fim. Onde entrará Cassano? Vai dar problema...



Escrito por Gian Oddi às 00h39
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 


Histórico
  28/10/2007 a 03/11/2007
  30/09/2007 a 06/10/2007
  23/09/2007 a 29/09/2007
  16/09/2007 a 22/09/2007
  09/09/2007 a 15/09/2007
  02/09/2007 a 08/09/2007
  26/08/2007 a 01/09/2007
  19/08/2007 a 25/08/2007
  12/08/2007 a 18/08/2007
  05/08/2007 a 11/08/2007
  01/07/2007 a 07/07/2007
  24/06/2007 a 30/06/2007
  17/06/2007 a 23/06/2007
  10/06/2007 a 16/06/2007
  03/06/2007 a 09/06/2007
  27/05/2007 a 02/06/2007
  20/05/2007 a 26/05/2007
  13/05/2007 a 19/05/2007
  06/05/2007 a 12/05/2007
  29/04/2007 a 05/05/2007
  22/04/2007 a 28/04/2007
  15/04/2007 a 21/04/2007
  08/04/2007 a 14/04/2007
  01/04/2007 a 07/04/2007
  25/03/2007 a 31/03/2007
  18/03/2007 a 24/03/2007
  11/03/2007 a 17/03/2007
  04/03/2007 a 10/03/2007
  25/02/2007 a 03/03/2007
  18/02/2007 a 24/02/2007
  11/02/2007 a 17/02/2007
  04/02/2007 a 10/02/2007
  28/01/2007 a 03/02/2007
  21/01/2007 a 27/01/2007
  26/11/2006 a 02/12/2006
  19/11/2006 a 25/11/2006
  12/11/2006 a 18/11/2006
  05/11/2006 a 11/11/2006
  29/10/2006 a 04/11/2006
  22/10/2006 a 28/10/2006
  15/10/2006 a 21/10/2006
  08/10/2006 a 14/10/2006
  01/10/2006 a 07/10/2006
  03/09/2006 a 09/09/2006
  27/08/2006 a 02/09/2006
  20/08/2006 a 26/08/2006
  13/08/2006 a 19/08/2006
  06/08/2006 a 12/08/2006
  23/07/2006 a 29/07/2006
  16/07/2006 a 22/07/2006
  09/07/2006 a 15/07/2006
  02/07/2006 a 08/07/2006
  25/06/2006 a 01/07/2006
  11/06/2006 a 17/06/2006
  04/06/2006 a 10/06/2006
  28/05/2006 a 03/06/2006
  21/05/2006 a 27/05/2006
  14/05/2006 a 20/05/2006
  07/05/2006 a 13/05/2006
  30/04/2006 a 06/05/2006
  23/04/2006 a 29/04/2006
  16/04/2006 a 22/04/2006
  09/04/2006 a 15/04/2006
  02/04/2006 a 08/04/2006
  26/03/2006 a 01/04/2006
  19/03/2006 a 25/03/2006
  12/03/2006 a 18/03/2006
  05/03/2006 a 11/03/2006
  26/02/2006 a 04/03/2006


Outros sites
  Campeonato Italiano - resultados, classificação, artilheiros e estatísticas

  Tuttosport
  Corriere dello Sport
  La Gazzetta dello Sport
  Corriere della Sera
  Revista Placar
  Federação Italiana
  Liga Italiana
  Na TV (do site Trivela)
  Uefa.com

  Ascoli
  Atalanta
  Bologna
  Cagliari
  Catania
  Chievo
  Empoli
  Fiorentina
  Genoa
  Internazionale
  Juventus
  Lazio
  Livorno
  Messina
  Milan
  Napoli
  Palermo
  Parma
  Reggina
  Roma
  Sampdoria
  Siena
  Torino
  Udinese

  Buela de Capotón
  Thank God for Football
  Carta-bomba
  Blig do Repórter
  Blog de Bola
  Lédio Carmona
Votação
  Dê uma nota para meu blog