As frases da vitória italiana


Após o jogo, italianos exibem faixa para Pessotto

Marcelo Lippi:
"Não podemos ter a impressão de que chegamos ao nosso objetivo. Agora, tudo é possível. Temos que tentar com toda nossa força e com o coração. A propósito de coração, eu e os garotos dedicamos esta vitória ao Pessotto. Estamos próximos a ele e a sua família. E agora estamos pensando na Alemanha: será difícil para nós, mas para eles também."

Zambrotta:
"Todos nós jogamos uma grande partida. O meu gol eu dedico para o Pessotto, que está passando por um momento difícil. Nós, da Juventus, e toda a seleção o abraçamos". Sobre a Alemanha: "A equipe corre e luta porque quer chegar até o final. Nos espera uma partida difícil, porque eles jogam em casa. Mas esperamos vencer."

Toni:
"Queria muita marcar um gol, porque faltava somente eu (entre os atacantes italianos na Alemanha). Os gols de hoje são certamente os mais importantes da minha carreira. Agora precisamos continuar com essa mesma vontade em todas as partidas. Será difícil porque eles têm um time duro de ser batido. Mas nós também."

Totti:
"Estou contente pelas duas assistências, mas sobretudo porque depois de tanto esforço eu voltei quase ao máximo e consegui reencontrar minhas jogadas. O importante é vencer, e se eu jogo de calcanhar ou de bico não importa. Estou feliz porque meu time me colocou em condições de jogar bem. Agora falta apenas um pequeno passo para chegar a Berlim. Nós queremos chegar. Chegou a hora de levar a Copa do Mundo de volta para a Itália. Já faz muito tempo, acho que esse é o momento justo."

Buffon:
"Estou bem e convencido da minha capacidade. Consegui me concentrar na Copa apesar de tudo o que está acontecendo. Além disso, meus companheiros de defesa fizeram sempre jogos extraordinários. É verdade que tivemos um pouco de sorte, mas é melhor não falar muito sobre isso."

Cannavaro:
"Estamos conscientes de poder colocar a Alemanha em dificuldades". Sobre Pessotto: "Pedi a um amigo meu que fizesse uma bandeira para Gianluca. Ele é uma grande pessoa. Sabemos que está melhor, não pode desistir. O estamos esperamos."

Nesta:
"Ainda não sei se conseguirei jogar contra a Alemanha. Mas de qualquer jeito será uma partida dura. Não é o time que enfrentamos no amistoso de Florença, eles mudaram muito. Tentaremos tirá-los da Copa. Agora, o nível é muito alto e os adversários se equivalem. Eles são muito bons nas bolas aéreas, no jogo parado e nas investidas de Ballack. A Argentina talvez fosse um dos times mais fortes da Copa, mas contra os donos da casa será ainda mais difícil. Os jornais alemães estão contra nós? Isso é uma moda: todos nos atacam, mas nos temem. Nós queríamos encontrá-los."



Escrito por Gian Oddi às 21h41
[   ] [ envie esta mensagem ]




A Placar da derrota

Nas bancas a partir de amanhã...



Escrito por Gian Oddi às 21h32
[   ] [ envie esta mensagem ]




A Itália na semi

O primeiro tempo contra a Ucrânia foi mais chato, mas do jeito que a Itália gosta. É impressionante como, quando joga no esquema que mais lhe agrada, o time não corre riscos. Não à toa tomou apenas um gol na Copa – e contra. O 1 x 0 feito por Zambrotta logo no começo, claro, ajudou bem.

 

No segundo tempo, a Azzurra voltou desligada. Podia ter levado o gol, não fosse Buffon e um pouco de sorte. Aí, entraram em ação a tradição e, claro, a maior qualidade italiana no ataque. Dois gols de Luca Toni.

 

Por falar em qualidade no ataque, emocionante a cena da torcida italiana aplaudindo Shevchenko – e o atacante agradecendo – depois do jogo.

 

Sobre a Itália:

 

Buffon, de novo, foi impecável.

Cannavaro, de novo, também. Embora tenha sido menos exigido.

Zambrotta, para mim, foi o melhor em campo.

Gattuso foi um monstro. Do jeito dele, mas foi.

Totti mostrou um pouco do que pode fazer. E seu pouco já é muito.

Toni desencantou. É justo. Para mim, vinha sendo o melhor atacante da Itália na Copa – mas era o único a não ter marcado.

 

Mais tarde, solto as notas da Bola de Prata da Placar.

Mais algumas declarações sobre a vitória.

E um breve trecho da apresentação de Alemanha x Itália que sairá na revistinha da Copa número 5 – nas bancas neste domingo.



Escrito por Gian Oddi às 10h24
[   ] [ envie esta mensagem ]




As penas no Italiano

Ontem recebi na redação da Placar a visita de uma colaboradora que mora em Milão e cujo namorado está cobrindo de perto os escândalos de arbitragem do futebol italiano pela Gazzetta dello Sport. Pedi a ela um palpite sobre o que deve acontecer no campeonato da Bota. A resposta:

- A Juventus certamente será rebaixada. "Porque se não for ninguém mais vai levar a sério o futebol na Itália", disse.

- Fiorentina e Lazio vão lutar para não cair. Se cairão ou não? Ela preferiu não se arriscar...

- O Milan deve começar o próximo Italiano com – 7 pontos.

São só palpites, claro, mas palpites de quem está acompanhando de perto todo o escândalo. A decisão final sairá no dia 7 de julho. Mas, claro, depois devemos ter recursos atrás de recursos. E se os palpites se confirmarem:

- A Inter não terá seus dois principais rivais no Italiano de 2006-07 e ficará com tudo para sair da fila

- A Roma ficará com a vaguinha na Liga dos Campeões que seria da Juventus. E até o Chievo passa a sonhar com isso, no caso de Fiorentina (que hoje tem a vaga) e Lazio (segunda "suplente") também caírem

- A Juve deve perder quase todos os seus astros - incluindo o técnico Fabio Capello - que dificilmente estarão dispostos a jogar na Série B. Só Del Piero, uma bandeira do clube, deve ficar.

- E assim, nomes como Buffon (Milan?), Cannavaro (Inter?), Emerson e Vieira (Real Madrid?), Zambrotta, Ibrahimovic e Trezeguet ficarão "livres", à procura de um clube... certamente não faltarão interessados.



Escrito por Gian Oddi às 15h07
[   ] [ envie esta mensagem ]




Contra a Ucrânia

Nesta, machucado, continua fora. E Materazzi está suspenso. Assim, o zagueiro Barzagli, do Palermo, que provavelmente nunca imaginou começar um jogo nesta Copa como titular, o fará. E a defesa é o único setor da Itália já escalado para pegar a Ucrânia: Buffon, Zambrotta, Barzagli, Cannavaro e Grosso. Gattuso, Perrotta e Pirlo também estão garantidos. E os outros três, quem serão? As opções que considero possíveis na cabeça de Lippi:

a) Totti, Gilardino e Toni
b) Camoranesi, Totti e Toni
c) Camoranesi, Totti e Gilardino
d) Del Piero, Totti e Toni
e) Del Piero, Totti e Gilardino

Alguém acredita que Inzaghi possa ser titular? Ou que Totti possa, de novo, começar no banco? A segunda opção acho bem improvável... e, se tivesse que escolher entre as opções acima, ficaria com a B ou a D. E vocês?



Escrito por Gian Oddi às 18h13
[   ] [ envie esta mensagem ]




Ainda sobre Pessotto

Sua mulher e mãe de suas duas filhas (Federica e Benedetta,de 4 e 7 anos), Reana Pessotto, que é irmã do goleiro Buffon, diz que Pessotto não aceitava bem o fato de ter parado de jogar futebol: "Ele sofria pelo adeus ao futebol, gostaria de ter continuado a jogar. A função de dirigente o agitava, ele tinha medo de não estar a altura do cargo. O mundo do futebol fora dos campos lhe dava medo".

Ela não nega que eles tivessem brigado porque ele se dedicava demais à Juventus. "Somos pessoas normais, ultimamente tivemos discussões, mas não acho que elas possam explicar o que aconteceu. A gente sempre se quis muito bem".

O quadro médico do jogador é estável. Mas complicado. Até agora, falou-se que ele não corre risco de vida. Mas ninguém arriscou (o que seriam irresponsáveis) prognósticos sobre possíveis sequelas da (já não há mais dúvidas) tentativa de suicído.



Escrito por Gian Oddi às 14h06
[   ] [ envie esta mensagem ]




Em primeira mão

Não vou dizer nada. Nas bancas, amanhã...



Escrito por Gian Oddi às 20h13
[   ] [ envie esta mensagem ]




Um baque na Itália

Depois da alegria pela classificação Às quartas-de-final da Copa, os jogadores italianos receberam uma triste notícia nessa terça: o acidente envolvendo o ex-defensor da Juventus Gianluca Pessotto.

Pessotto caiu de uma altura de 10 metros na sede da Juventus, em Turim. Na verdade, ao que parece, não caiu: se jogou. Segundo as informações que vêm da imprensa italiana, Pessotto, que atualmente trabalhava como dirigente da Juve, sofria de depressão e estava se tratando – tinha até uma consulta marcada para hoje. Reforça a tese de tentativa de suicídio a informação de que Pessotto, 35 anos, segurava um crucifixo quando caiu do teto da sede do clube.

Sua situação é bastante grave: ele tem fraturas múltiplas por todo o corpo, mas ao que parece não corre risco de vida.

Ao saber do acidente, o zagueiro Cannavaro interrompeu a entrevista coletiva que dava na concentração da Seleção Italiana; disse não ter mais condições de falar. Ele jogou por muito tempo com Pessotto na Juve. Del Piero e Zambrotta, outros ex-colegas, deixaram a Alemanha para visitar o amigo em Turim. Eles voltam a Duisburg ainda nesta noite.


Pessotto, comemorando um título pela Juve



Escrito por Gian Oddi às 14h02
[   ] [ envie esta mensagem ]




Os erros de Medina

Foi no sufoco, mas a Itália passou. Foi pênalti sobre Grosso? Não. Mas é preciso relativizar esse benefício à Itália que parte da imprensa alardeia por aqui.

Pelo seguinte: se o mau árbitro Medina Cantalejo (que já é muito ruim no Campeonato Espanhol) realmente prejudicou os australianos ao marcar o pênalti que definiu o jogo, ele também mudou completamente a partida no início do segundo tempo, com outro erro.

Quando a Itália voltava bem melhor para o começo da segunda etapa, Cantalejo exagerou ao expulsar Materazzi por uma falta sobre Bresciano. O zagueiro, que quem lê este blog sabe que eu considero mau-caráter, não tinha nem cartão amarelo, e a falta não foi assim tão feia.

O próprio Marca, jornal espanhol como o árbitro e que não é exatamente favorável ao futebol da Bota, diz o seguinte: "Medina Cantalejo cambió el partido a los 5 minutos de la reanudación. El colegiado español expulsó de forma muy rigurosa a Materazzi por derribar en la frontal a Bresciano".

Depois disso, a Itália parou de atacar. Os australianos, mais por falta de qualidade do que de iniciativa também não conseguiam chegar perto do gol. E deu no que deu: 1 x 0, pênalti convertido por Totti, que entrou muito bem no lugar de um apático Del Piero. E, sinceramente? Os cangurus já chegaram longe demais.

Pra quem quiser saber, as notas da Bola de Prata da Placar para o jogo:

Itália
Buffon 6,5
Zambrotta 6
Cannavaro 7
Materazzi 5
Grosso 6
Gattuso 5,5
Pirlo 5,5
Perrotta 5,5
Del Piero 4,5 (Totti 6,5)
Toni 6 (Barzagli 5,5)
Gilardino 5,5 (Iaquinta 5)

Austrália
Schwarzer 6,5
Sterjovski 5 (Aloisi s/n)
Moore 5,5
Neill 5
Chipperfield 6
Grella 5,5
Wilkshire 5,5
Culina 5
Cahill 5,5
Bresciano 5,5
Viduka 5,5



Escrito por Gian Oddi às 22h21
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 


Histórico
  28/10/2007 a 03/11/2007
  30/09/2007 a 06/10/2007
  23/09/2007 a 29/09/2007
  16/09/2007 a 22/09/2007
  09/09/2007 a 15/09/2007
  02/09/2007 a 08/09/2007
  26/08/2007 a 01/09/2007
  19/08/2007 a 25/08/2007
  12/08/2007 a 18/08/2007
  05/08/2007 a 11/08/2007
  01/07/2007 a 07/07/2007
  24/06/2007 a 30/06/2007
  17/06/2007 a 23/06/2007
  10/06/2007 a 16/06/2007
  03/06/2007 a 09/06/2007
  27/05/2007 a 02/06/2007
  20/05/2007 a 26/05/2007
  13/05/2007 a 19/05/2007
  06/05/2007 a 12/05/2007
  29/04/2007 a 05/05/2007
  22/04/2007 a 28/04/2007
  15/04/2007 a 21/04/2007
  08/04/2007 a 14/04/2007
  01/04/2007 a 07/04/2007
  25/03/2007 a 31/03/2007
  18/03/2007 a 24/03/2007
  11/03/2007 a 17/03/2007
  04/03/2007 a 10/03/2007
  25/02/2007 a 03/03/2007
  18/02/2007 a 24/02/2007
  11/02/2007 a 17/02/2007
  04/02/2007 a 10/02/2007
  28/01/2007 a 03/02/2007
  21/01/2007 a 27/01/2007
  26/11/2006 a 02/12/2006
  19/11/2006 a 25/11/2006
  12/11/2006 a 18/11/2006
  05/11/2006 a 11/11/2006
  29/10/2006 a 04/11/2006
  22/10/2006 a 28/10/2006
  15/10/2006 a 21/10/2006
  08/10/2006 a 14/10/2006
  01/10/2006 a 07/10/2006
  03/09/2006 a 09/09/2006
  27/08/2006 a 02/09/2006
  20/08/2006 a 26/08/2006
  13/08/2006 a 19/08/2006
  06/08/2006 a 12/08/2006
  23/07/2006 a 29/07/2006
  16/07/2006 a 22/07/2006
  09/07/2006 a 15/07/2006
  02/07/2006 a 08/07/2006
  25/06/2006 a 01/07/2006
  11/06/2006 a 17/06/2006
  04/06/2006 a 10/06/2006
  28/05/2006 a 03/06/2006
  21/05/2006 a 27/05/2006
  14/05/2006 a 20/05/2006
  07/05/2006 a 13/05/2006
  30/04/2006 a 06/05/2006
  23/04/2006 a 29/04/2006
  16/04/2006 a 22/04/2006
  09/04/2006 a 15/04/2006
  02/04/2006 a 08/04/2006
  26/03/2006 a 01/04/2006
  19/03/2006 a 25/03/2006
  12/03/2006 a 18/03/2006
  05/03/2006 a 11/03/2006
  26/02/2006 a 04/03/2006


Outros sites
  Campeonato Italiano - resultados, classificação, artilheiros e estatísticas

  Tuttosport
  Corriere dello Sport
  La Gazzetta dello Sport
  Corriere della Sera
  Revista Placar
  Federação Italiana
  Liga Italiana
  Na TV (do site Trivela)
  Uefa.com

  Ascoli
  Atalanta
  Bologna
  Cagliari
  Catania
  Chievo
  Empoli
  Fiorentina
  Genoa
  Internazionale
  Juventus
  Lazio
  Livorno
  Messina
  Milan
  Napoli
  Palermo
  Parma
  Reggina
  Roma
  Sampdoria
  Siena
  Torino
  Udinese

  Buela de Capotón
  Thank God for Football
  Carta-bomba
  Blig do Repórter
  Blog de Bola
  Lédio Carmona
Votação
  Dê uma nota para meu blog